# VERHEXT - dogma [2014]

VERHEXT
Dogma
(Hammer of Hate Records / 2014)

Existem algumas bandas, discos ou lançamentos que não nos apanham à primeira. É necessário que façamos ali um pequeno jogo de investigação, uma expedição de arqueologia sonora, para irmos em busca de algo que possamos levar para casa. Algo que nos possa confidenciar todos os aspectos positivos daquilo com que estamos a lidar no momento. Foi um pouco isso que aconteceu com “Dogma”, a mais recente entrega desta banda vinda de Uusimaa (Finlandia)! Um disco que à primeira audição se assemelha a tantos outros discos de black metal com que a cena está saturada, que quase tens vontade de passar à frente e seguir para outro disco após os dois primeiros temas. Mas a persistência por vezes tem as suas recompensas e, pouco a pouco, após um período de habituação, a música dos VERHEXT começa a instalar-se confortavelmente.

Isto não significa que “Dogma” se transforme num disco excepcional e estejam guardados naqueles oito temas os grandes segredos para o futuro do black metal em geral. Tal como acontece com muitas outras bandas e albuns do género, este é um lançamento que não arrisca muito e que está delimitado pelas convenções habituais da cena para a qual se destina. Os temas deste album começam a crescer à nossa volta pois atraem-nos para os seus ambientes negros e para as suas investidas em riffs acompanhados de baterias mid-tempo que aceleram à medida que a própria energia da música vai crescendo. Alguma desta muralha de guitarras tem força suficiente para furar o véu da banalidade e oferecer linhas que realmente se seguram na memória e nos fazem parar por momento, apenas para apreciar aqueles segundos, mas não se pode afirmar que seja um disco que surja nos píncaros da história do black metal.

[análise e texto: Rui Marujo]